Sub-17: atenções voltadas para Abuda e Cesc

Na véspera da decisão do Mundial Sub-17, disputado na Finlândia, entre Brasil e Espanha, dois garotos chamam a atenção depois de protagonizarem as semifinais: Abuda, da seleção brasileira, e Cesc, da Espanha. Eles serão o centro das atenções durante a final de sábado, em Helsinque.O jogador do Corinthians, que já teve oportunidade na equipe principal de Parque São Jorge, marcou os dois gols brasileiros que eliminaram a Colômbia. "Não somos apenas jogadores. A seleção é como minha família", garantiu Abuda.Assim como Abuda, Evandro Roncatto também tem 4 gols no torneio. E o meio-de-campo do Brasil, formado por Jonathan, Junior, Arouca e Ederson, recebe elogios a todo momento.Do lado espanhol, Cesc comandou a virada contra a Argentina. Depois de perder o primeiro tempo por 2 a 0, a Espanha chegou ao empate e garantiu a classificação com o "gol de ouro", marcado por Cesc. Além dele, o Brasil terá que se preocupar com Jurado e Xisco. "Não tenho elogios suficientes para meus jogadores. Demonstraram ter vontade para continuar lutando mesmo quando tudo parecia perdido", ressaltou o técnico da Espanha, Santisteban.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.