Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Sub-17: quartas-de-final começam amanhã

Argentina x México e Colômbia x Costa Rica fazem neste sábado os dois primeiros confrontos das quartas-de-final do Mundial Sub-17, disputado na Finlândia. Em Helsinque, no domingo, jogam Brasil x Estados Unidos e Espanha x Portugal.Após a excelente campanha na primeira fase - três vitórias em três jogos -, os argentinos confirmaram seu favoritismo ao título da competição. A conquista do Sul-Americano da categoria, disputado na Bolívia, em abril, também incentivou a garotada.Contra os mexicanos, a Argentina terá o retorno do capitão Lucas Biglia, que sofreu uma contusão no joelho logo na primeira partida do Mundial, contra a Austrália."Jogamos contra o México em 2001 e em um torneio na Itália, em 2002. Conhecemos muito bem seu esquema de jogo e seu técnico", avisa o jogador. "Somos fortes em todos os setores do campo e estamos nos aprimorando ao longo do torneio. Temos de continuar confiantes para este jogo."Pela segunda vez na história do campeonato, o México conseguiu a façanha de se classificar para as quartas-de-final. O treinador da seleção é o argentino Humberto Grondona, filho do vice-presidente da Fifa, Julio Grondona. "Essa partida será especial. Sempre esperei por isso e fico muito emocionado só de pensar no confronto de amanhã", disse.Na outra partida, a Colômbia chega embalada para enfrentar a Costa Rica depois de encerrar a fase de classificação com o primeiro lugar da chave e uma goleada, por 9 a 1, contra os anfitriões.A Costa Rica só avançou na competição graças ao sorteio realizado ao término da primeira fase. A equipe empatou em todos os critérios com a Nigéria e ficou na dependência do sorteio para garantir um lugar entre os oito melhores do mundo na categoria.

Agencia Estado,

22 de agosto de 2003 | 19h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.