Sub-20: Brasil pode mudar de horário

O jogo entre Brasil e Argentina pela última rodada do hexagonal final do Sul-Americano Sub-20, que está sendo disputado na Colômbia, poderá mudar de horário. A partida está marcada para domingo às 20h40 (horário de Brasília), no encerramento do torneio, mas a Colômbia - que jogará na preliminar contra a Venezuela - quer inverter a ordem da rodada dupla por causa da possibilidade de ser campeã com uma vitória. A Colômbia lidera com 10 pontos e o Brasil, a outra equipe que pode conquistar o título, tem 9."A princípio não vemos necessidade de inverter a ordem dos jogos. Mas vou conversar com os dirigentes da CBF para saber o que faremos. Jogar primeiro pode ser interessante pela vantagem de poder embarcar mais cedo de volta para o Brasil", disse o técnico Renê Weber.A Seleção Brasileira garantiu vaga no Mundial da Holanda, que será disputado entre 10 de junho e 2 de julho, com a vitória de quarta-feira sobre o Chile por 2 a 1. Para conquistar o título, a equipe precisa derrotar a Argentina (que tem seis pontos) e torcer para a Colômbia não ganhar da Venezuela. "Estamos vivos na briga", afirmou Weber.A Argentina também já garantiu vaga no Mundial, apesar da campanha sem brilho na fase final - ganhou por 1 a 0 da Venezuela e empatou com Chile, Uruguai e Colômbia. "É uma pena que não tenhamos mais chance de conquistar o título, mas estou muito feliz por já termos alcançado o objetivo de conseguir a classificação para o Mundial", disse o técnico Hugo Tocalli. A quarta vaga será decidida amanhã entre Chile e Uruguai. O destaque individual do torneio é o colombiano Rodallega, que entrou em campo seis vezes e marcou 10 gols - recorde na história da competição.

Agencia Estado,

03 de fevereiro de 2005 | 18h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.