Sub-20: Brasil tenta ignorar Argentina

O adversário desta terça-feira, em Utrecht, na luta por uma vaga na final do Mundial Sub-20, é a Argentina, mas para a delegação brasileira daria no mesmo se fosse a Espanha ou qualquer outra seleção. O discurso a poucas horas do duelo com o maior rival parece ter sido ensaiado pelos jogadores e pelo técnico Renê Weber. ?Para ganhar um Mundial, não se pode ficar escolhendo o adversário. É claro que existe uma rivalidade muito grande entre Brasil e Argentina, mas não podemos nos preocupar com isso. Temos de fazer o nosso jogo?, disse o treinador. O lateral-direito Rafinha, que tem sido o melhor jogador do Brasil na competição, mudou as palavras mas não a idéia defendida por Renê Weber. ?Brasil x Argentina é um clássico sem favoritos, mas temos de nos concentrar em impor o nosso futebol.? O treinador não poderá contar com três jogadores: o volante Diego, que foi misteriosamente cortado por contusão e quarta-feira passada defendeu o Fluminense na final da Copa do Brasil, o meia Ernane (machucado) e o atacante Diego Tardelli, suspenso por ter sido expulso na vitória por 2 a 1 sobre a Alemanha. No último confronto entre as duas equipes, a Argentina venceu por 2 a 1 na fase final do Sul-Americano disputado em fevereiro, na Colômbia.Evandro marcou para o Brasil e Zabaleta e Messi ? dois destaques do time que está no Mundial ? fizeram os gols argentinos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.