Sub-23: CBF promete brigar por Kaká

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda tenta de todas as maneiras negociar a liberação do meia Kaká, do Milan, para integrar a seleção sub-23 que disputará o Torneio Pré-Olímpico no Chile, entre os dias 7 e 25 de janeiro. Hoje, o técnico Ricardo Gomes divulgou lista parcial dos convocados para a competição - relacionou 17 atletas, entre os quais Robinho e Diego e outros três atletas do Santos: Alex, Paulo Almeida e Elano. A intenção de Gomes é a de até o dia 16 completar a lista dos 20 nomes. Kaká, cuja presença na sub-23 está causando uma polêmica entre Milan, Fifa e CBF foi o principal motivo que forçou o treinador a adiar a divulgação de todos os convocados. "Não tenho muita paciência mas, neste caso, vale a pena esperar", afirmou Gomes. "Estamos tentando a liberação de dois jogadores que atuam por clubes estrangeiros e o terceiro está na seleção sub-20." Além de Kaká, os outros dois nomes que finalizarão a lista são possivelmente o volante Júlio César (Sevilla) e o atacante Nilmar (Internacional), que está a serviço da seleção sub-20, na disputa do Mundial da categoria nos Emirados Árabes. Mas Gomes alertou já ter os substitutos, caso não consiga liberar os dois jogadores "estrangeiros". Caso Kaká e Júlio Batista não sejam liberados, as vagas passam a ser disputadas, principalmente, por nomes como o lateral Coelho, do Corinthians, o meia Andrezinho, do Flamengo, que também estão na sub-20, o meia Carlos Alberto e o zagueiro Rodolfo, ambos do Fluminense. Os meia Eduardo Costa, do Bordeaux, e Thiago Motta, do Barcelona também devem ser considerados como alternativas, apesar de estarem em clubes internacionais. Apesar de lamentar os empecilhos para concluir a lista de convocados, Gomes deixou claro que vai levar para o Chile uma equipe muito forte. "Minha confiança é maior do que os problemas e não fico pensando em jogador que não pude chamar. Estou levando um grupo forte e isso é o que importa", afirmou o treinador. De acordo com o supervisor das seleções brasileiras, Américo Faria, a lista já deveria estar pronta desde a semana passada. Ele lamentou que os clubes não estejam cumprindo o que determina o Estatuto do Jogador, elaborado em 1991 e que dispõe, entre outras coisas, sobre a liberação de atletas convocados por seleções para competições oficiais. Faria disse que o problema de Gomes vai se repetir com o técnico Carlos Alberto Parreira, em março, quando a seleção principal vier a se apresentar novamente para a disputa das eliminatórias. É que várias federações da Europa já marcaram jogos de seus campeonatos três dias antes do próximo compromisso da seleção, contra o Paraguai, no dia 30, e não vão querer liberar os atletas com antecedência. "Vamos ter um 2004 muito complicado. Como não cumprem o que está escrito, será preciso muita negociação", declarou Faria. Santos e Cruzeiro vão ser a base da seleção sub-23. Enquanto o time paulista cedeu cinco jogadores, a equipe mineira cedeu quatro atletas: Gomes, Maicon, Edu Dracena e Wendell. E por conta das indefinições, Gomes acabou mudando os planos e anunciou hoje também o nome de quatro jogadores que atuam no exterior: Fábio Rochemback (Sporting), Luisão (Benfica), Maxwell (Ajax) e Nenê (Mallorca). A princípio, ele só divulgaria a relação dos que estão no Brasil. Os jogadores que atuam por clubes brasileiros se apresentam no dia 16, no Aeroporto Santo Dumont, e seguem à Granja Comary, em Teresópolis, onde ficarão treinando até o dia 20. Depois folgam e a nova reapresentação, agora com os jogadores "estrangeiros", ocorre dia 26, e a viagem para o Chile está prevista para o dia 30. Os convocados foram: goleiros - Gomes (Cruzeiro) e Juninho (Vitória); zagueiros - Luisão (Benfica), Adriano (Grêmio), Edu Dracena (Cruzeiro) e Alex (Santos); laterais - Maicon (Cruzeiro) e Maxwell (Ajax); meias - Paulo Almeida (Santos), Diego (Santos), Elano (Santos), Wendell (Cruzeiro), Fábio Rochemback (Sporting) e Paulinho (Atlético-MG); e atacantes - Marcel (Coritiba), Nenê (Mallorca) e Robinho (Santos).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.