Sub-23 inicia trabalho e espera por Kaká

A Seleção Brasileira Sub-23 começa amanhã a se preparar para a batalha do Pré-Olímpico, que será disputado no Chile entre 7 e 25 de janeiro e oferecerá duas vagas para os Jogos de Atenas-2004. O técnico Ricardo Gomes levará para a Granja Comary os 13 jogadores de clubes brasileiros que foram convocados - os "europeus" se apresentarão dia 26 -e ficará na torcida para que a CBF tenha sucesso na negociação para conseguir a liberação de Kaká e Júlio Baptista. Com os dois e mais um atacante da Seleção Sub-20 - provavelmente Dagoberto - ele completará o grupo que levará para a competição.Ricardo vai esperar até o dia 21, embora tenha até o dia 2 para entregar a lista de inscritos. "Dia 21 é a última rodada do ano na Europa. Se não definirmos a situação até essa data, não vamos encontrar mais ninguém nos clubes para negociar e aí vou ter que chamar gente daqui."O treinador sabe que será muito difícil o Milan ceder Kaká, mas mantém um fio de esperança. "Eu já tinha descartado o Kaká depois que a Fifa autorizou o Milan a não liberá-lo, mas o presidente (Ricardo Teixeira) disse para deixar a convocação em aberto porque ia fazer uma última tentativa para a gente ter o jogador e por isso voltei a ter esperança. O Kaká dá mais peso para o time."Único jogador da Sub-23 que esteve na conquista do pentacampeonato, Kaká é apontado por Ricardo Gomes como o líder de uma geração que o entusiasma não só pela qualidade técnica, mas também pela maturidade e pela conduta fora de campo. "O Kaká é o símbolo desse grupo. É campeão do mundo, faz sucesso num time como o Milan, mas não perde a vontade de jogar na Sub-23. Quando está com a gente, não chega cheio de pose, não é mascarado. Ele é um exemplo para os outros garotos."Thiago Motta sofre lesão - Caso não possa mesmo contar com Kaká, o técnico colocará Elano no time. E chamará um lateral-direito para completar o grupo. Ele explica: "Se o Kaká vier, tenho o Elano e o Júlio Baptista como opções para o lugar do Maicon numa emergência. Sem o Kaká, vou contar com os dois no meio-de-campo e aí vou querer um lateral para a reserva."O lateral preferido por ele era Daniel, da Sub-20, mas nem pensa em chamá-lo para evitar problemas com o Sevilla. "Se já está uma briga para trazer o Júlio, imagine se eu pedir os dois." O segundo da lista é Coelho, que esteve no grupo da Copa Ouro.Caso Júlio Baptista não seja liberado, a primeira opção será Dudu Cearense - que está na Sub-20 - , Fernando (do Siena, que jogou o Torneio do Catar) e o corintiano Fabrício. Eduardo Costa não tem chance porque o Bordeaux não o libera.Thiago Motta foi descartado depois de sofrer grave lesão. O volante rompeu o ligamento lateral do tornozelo esquerdo, ontem, no treino do Barcelona, e ficará um mês sem jogar.A última vaga de atacante está reservada para um jogador da Sub-20. Nilmar foi titular na Copa Ouro e nos amistosos contra Corinthians e Santos, mas o técnico está inclinado a deixá-lo de fora e convocar Dagoberto. "Essa história da transferência do Nilmar para a Europa está mexendo com a cabeça dele e influiu no seu rendimento. Ele caiu muito."O atacante Adriano, machucado, não foi chamado. Mas Ricardo acha que não contaria com ele mesmo que estivesse em forma. "O Parma depende mais dele do que o Milan do Kaká. Você acha que iam deixá-lo vir?"Ficaram fora do grupo alguns jogadores que já foram chamados - Carlos Alberto, Ewerthon e o lateral Adriano - e continuam nos planos. E alguns que não tiveram chance e estão sendo observados: o zagueiro Pepe (Marítimo) e o meia Pinga (Torino).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.