Sucesso de Carlinhos aumenta esperança por Vágner Love

As atuações de Carlinhos na seleção brasileira sub-20 no Sul-Americano da categoria, que também vale como Pré-Olímpico, aumentam as esperanças do Santos de ter Vágner Love na Libertadores. Comprar o ex-ídolo palmeirense está fora de cogitação, porque o CSKA continua exigindo 20 milhões de euros - o mesmo valor que pedia à MSI - pela liberação do atacante. A idéia é convencer os russos a aceitarem uma troca, por empréstimo, de seis meses, de Love por Carlinhos. Carlinhos fez o cruzamento para um gol de Alexandre Pato contra o Chile e outro para o segundo de Lucas na vitória diante do Peru, dando a impressão de que se trata de um jogador de futuro, o que deve reforçar a disposição dos russos em contratá-lo. Numa investida, o CSKA teria oferecido US$ 4,5 milhões pelos direitos federativos e um contrato por quatro temporadas para Carlinhos. Como o lateral já foi convocado uma vez por Dunga para a seleção principal e tem possibilidade de disputar a Olimpíada de Pequim, no ano que vem, o Santos, mesmo precisando de dinheiro, recusou a proposta. Agora, aceita negociar, desde que seja para tratar da troca por Vágner Love, que descansa no Rio de Janeiro, mas está sem telefone. O Santos já sentiu, no entanto, que não será fácil convencer o CSKA a abrir mão do atacante - e a assessoria dele trata de valorizar o passe. Os agentes disseram nesta quarta-feira que a situação de Vágner no momento é bem melhor, em razão de só faltar um ano e meio para o fim do seu contrato. Se o clube russo não negociá-lo agora, corre o risco de perder seus direitos federativos no fim do ano, e ele só teria de esperar mais seis meses para se tornar um jogador livre para negociar com quem quiser - no fim do ano, já pode até assinar um pré-contrato. Outra informação dada pelos agentes é que o futebol dele voltou a estar em alta no fim do ano, em razão de ele ter voltado a jogar na sua verdadeira posição e a fazer gols. Antes, Jô atuava como atacante de referência enquanto Vágner e Daniel Carvalho criavam as jogadas para o ex-corintiano. Com o jogador novamente valorizado, o CSKA pretende vendê-lo para dobrar o investimento de 9,2 milhões de euros que fez na sua contratação junto ao Palmeiras, em 2004. Como de costume, os dirigentes santistas se negam a falar sobre as negociações. Marcos Aurélio Até a noite desta quarta-feira não havia sido determinada a data da apresentação de Marcos Aurélio, meia-atacante de 22 anos que chega à Vila Belmiro para ser o substituto de Reinaldo, que não acertou a renovação de contrato e está voltando para o futebol japonês. O Santos comprou do Bragantino 25% dos direitos federativos do jogador e registrou o seu contrato na CBF. Mas no dia 19 será julgado pelo Tribunal Regional do Trabalho do Paraná o mérito da ação movida pelo Atlético-PR, alegando que tem prioridade para contratar o meia por três anos e até teria pago parte de seus direitos federativos ao Bragantino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.