Suécia bate Portugal nos pênaltis e é campeã europeia sub-21 pela primeira vez

A Suécia sagrou-se campeã europeia sub-21 pela primeira vez. Foi suado, mas a seleção ficou com o título do torneio deste ano, na República Checa, ao bater Portugal nos pênaltis nesta terça-feira, depois de empate por 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação. O goleiro Patrik Carlgren se tornou o herói da conquista ao defender duas cobranças.

Estadão Conteúdo

30 de junho de 2015 | 18h53

A vitória selou a surpreendente campanha da seleção escandinava, que nunca havia sido campeã europeia da categoria. O melhor resultado até então havia sido a segunda colocação de 1992, quando caiu na decisão diante da Itália. Já Portugal perdeu a chance de faturar o torneio pela primeira vez em sua segunda decisão, já que em 1994 caiu também para os italianos na final.

A decisão desta terça-feira foi bastante truncada durante os 120 minutos, mas nos pênaltis Carlgren se destacou. O goleiro pegou a cobrança de Ricardo Esgaio, viu José Sá espalmar a de Khalili, mas voltou a aparecer no quinto chute de Portugal, quando William Carvalho bateu fraco e ele pulou para garantir o título.

A Suécia se tornou o décimo país a faturar o Europeu Sub-21. A maior vencedora continua sendo a Itália, com cinco troféus. As duas últimas edições, no entanto, haviam ficado com a Espanha, segunda maior vencedora com quatro títulos. Inglaterra, União Soviética e Holanda, com dois cada, além de Iugoslávia, França, República Checa e Alemanha, todos com um, são os outros campeões.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEuropeu Sub-21SuéciaPortugal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.