Jonathan Nackstrand/AFP
Jonathan Nackstrand/AFP

Suécia faz 8 a 0 em Luxemburgo, amplia saldo e complica Holanda no Grupo A

Resultado deixa equipe com 19 pontos, contra 17 da França e 13 da Holanda, que ainda jogam na rodada

Estadão Conteúdo

07 Outubro 2017 | 15h42

Com extrema tranquilidade, a Suécia confirmou o favoritismo neste sábado e massacrou Luxemburgo por 8 a 0, na Friends Arena, em Solna, em duelo válido pelas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Destaque para o atacante Marcus Berg, autor de quatro gols.

+ Após empate, Croácia troca de técnico em rodada decisiva das Eliminatórias

O excelente resultado deixou a Suécia na liderança provisória do Grupo A. Está com 19 pontos, dois na frente da França, que ainda neste sábado encara a Bulgária e pode retomar o posto, e seis da Holanda, que desafia a Bielo-Rússia.

A goleada em casa também foi importante para aumentar o saldo de gols, critério de desempate na fase de classificação. Assim, a Suécia chegou aos 19 gols de saldo e abriu 14 de vantagem à Holanda, praticamente garantindo ao menos a segunda posição da chave.

E a vitória deste sábado não demorou a ser construída. Andreas Granqvist, de pênalti, abriu o placar logo aos 10 minutos e Marcus Berg marcou outros dois ainda no primeiro tempo. O próprio atacante fez mais dois na etapa final. E Mikael Lustig, Ola Toivonen e Andreas Granqvist, novamente de pênalti, sacramentaram o massacre.

Ainda neste sábado, pelo Grupo H, a já classificada Bélgica ignorou o mando da Bósnia-Herzegovina e venceu por 4 a 3. O resultado deixou a seleção com 25 pontos, 11 na frente dos mandantes, que estão em segundo - a Grécia, contudo, soma 13, enfrenta Chipre fora de casa e pode tomar a posição.

Na emocionante partida deste sábado, Thomas Meunier abriu o placar para os belgas aos quatro minutos, mas Haris Medunjanin e Edin Visca viraram ainda no primeiro tempo. Já na etapa final, Michy Batshuayi e Jan Vertonghen colocaram os visitantes novamente em vantagem. Dario Dumic, então, decretou nova igualdade, mas Yannick Ferreira-Carrasco garantiu a vitória da Bélgica já aos 38 minutos.

Em outra partida da chave, a Estônia goleou Gibraltar por 6 a 0, fora de casa, e chegou aos 11 pontos. E, pelo Grupo B, Ilhas Faroe e Letônia ficaram no empate por 0 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.