Suécia quer aproveitar a "pressão" sobre a Alemanha

Os jogadores da Suécia afirmaram nesta quarta-feira que gostaram de ter a Alemanha como adversária nas oitavas-de-final da Copa do Mundo. O atacante Henrik Larsson, que marcou o gol de empate na partida contra a Inglaterra (2 a 2), explicou que a seleção está preparada para tirar vantagens da "pressão" que os alemães terão no jogo."Será uma partida complicada. Entretanto, temos que repetir o jogo contra a Inglaterra. São eles que estão com a pressão da torcida para passar às quartas. Essa pressão pode nos ajudar. Eles não são imbatíveis", explicou o veterano Larsson, de 34 anos.Por sua vez, o técnico Lars Lägerback quer que seus jogadores tenham respeito para com o adversário, já que a Alemanha ganhou todos os jogos disputados na primeira fase. "Eles têm uma equipe muito forte. Para vencer, temos que fazer uma forte marcação no meio-de-campo. Hoje, o futebol trabalha dessa maneira", explicou o treinador.Já o goleiro Andreas Isaksson está confiante na classificação sueca e afirma que os alemães têm problemas em campo. "Eu já vi a Alemanha jogar, e parece que a seleção enfrentou alguns problemas defensivos. Ainda mais agora que eles estarão com a obrigação de vencer", contou.A partida entre Suécia e Alemanha, pelas oitavas da Copa, acontecerá neste sábado, em Munique.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.