Suecos respiram após fantasma de empate contra Trinidad

O atacante sueco Marcus Allback afirmou estar satisfeito por sua seleção "estar quase na próxima fase da copa do Mundo", após uma vitória simples contra o Paraguai, nesta quinta-feira, em Berlim. "Tivemos muitas oportunidades na partida, mas não conseguíamos traduzi-las em gol, o que já estava ficando frustrante. O bom foi que nos movimentamos melhor do que no empate com Trinidad e estamos felizes por estar perto da classificação para as oitavas-de-final", falou Allback, jogador que deu o passe para o gol do meia Freddie Ljungberg. "Primeiro pensei em chutar direto, mas levantei a cabeça e vi Freddie livre. Aí foi só ouvir os gritos de felicidade nos estádio", comemorou.Aliás, Ljungberg - eleito o melhor jogador da partida - também falou sobre a vitória dos escandinavos. "Ainda bem que dessa vez a pressão que fizemos resultou em gol. Já estávamos preocupados em repetir o que fizemos contra Trinidad, quando pressionamos muito mas o gol não saiu", comentou aliviado o meia.Sobre a partida contra a Inglaterra, a última dos suecos na primeira fase do Mundial, o jogador do Arsenal foi diplomático: "Vai ser muito difícil, pois estaremos brigando pela primeira posição no Grupo B". Em seu segundo Mundial, Ljungberg, de 29 anos, marcou seu 13.º gol com a seleção européia em 59 jogos disputados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.