Suíços fazem últimos ajustes para receber brasileiros

A cidade de Weggis, na Suíça, já está quase pronta para receber a seleção brasileira de futebol, a partir da próxima segunda-feira, quando se apresentam os jogadores e começam os treinos para a disputa da Copa do Mundo, na Alemanha, a partir do dia 9 de junho (o Brasil estréia dia 13, contra a Croácia, em Berlim). Já estão na cidade averiguando as instalações do hotel onde a equipe ficará hospedada os médicos Serafim Borges, Rodrigo Lasmar, o administrador Guilherme Ribeiro e o massagista Denir Silva. Ele partiram do Rio na última quinta-feira e chegaram nesta sexta à sede da preparação do time brasileiro. O embarque dos jogadores e da comissão técnica será no domingo, partindo de diversos lugares. De São Paulo, viajam os jogadores Cicinho, Cris, Luisão, Ricardinho, Roberto Carlos, Robinho e Rogério Ceni, o chefe da delegação, Marco Polo del Nero, e o preparador físico Moracy Sant´Anna, com saída às 19h30, chegando às 20h30 para a escala no Rio de Janeiro. Da capital fluminense, partirão os jogadores Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Adriano, Emerson, Gilberto, Juan e Julio Cesar, o supervisor Americo Faria, o treinador Carlos Alberto Parreira, o coordenador técnico Zagallo, o médico José Luís Runco, o auxiliar técnico Jairo Leal, o treinador de goleiros, Wendell Ramalho, o fisioterapeuta Odir Souza, o chefe de segurança, Haroldo Castelo Branco, o assessor de imprensa, Rodrigo Paiva, e os roupeiros Antônio Assis e Rogelson Barreto. A saída deste vôo é às 21h35 e chegada prevista em Zurique, capital suíça, é na segunda-feira, às 14h05 local. Os jogadores Cafu, Dida, Edmílson, Fred, Gilberto Silva, Lúcio, Kaká e Zé Roberto se apresentam diretamente em Weggis. Juninho Pernambucano seguirá de Recife (PE).

Agencia Estado,

19 Maio 2006 | 16h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.