Sul-Americano sub-20: Venezuela vence e Argentina empata

A seleção da Venezuela mostrou nesta segunda-feira que está disposta a alcançar melhores resultados no futebol. A começar pela sua equipe de base. Pela estréia no Grupo B do Sul-Americano sub-20, em Ciudad del Este, no Paraguai, os venezuelanos surpreenderam o Uruguai e venceram o jogo por 1 a 0. O gol foi marcado pelo atacante Irwin Antón, logo aos nove minutos do primeiro tempo. Já a seleção argentina apenas empatou com o Equador em 1 a 1 no seu jogo de estréia pelo Grupo B. Abán abriu o placar para a Argentina, aos nove minutos do segundo tempo, e Rodríguez empatou aos 30.Com um bom sistema defensivo, a Venezuela não permitiu que os uruguaios chegassem com tanto perigo ao gol de Tito Rojas e seguraram a vitória até o final. Também contaram com a sorte quando o rival tentava pressionar nos últimos minutos - aos 36 da segunda etapa, houve um apagão no estádio e o jogo ficou paralisado cerca de 20 minutos, o que esfriou os ânimos da seleção do Uruguai.Na próxima quarta, pela segunda rodada da chave, os uruguaios tentarão se recuperar contra o Equador, enquanto a Venezuela folgará - só jogará na sexta também contra os equatorianos. Os três primeiros colocados do Grupo B se classificarão ao hexagonal final e se juntarão aos três melhores do Grupo A. Na fase final, os quatro melhores se classificarão para o Mundial da categoria, que será ainda neste ano no Canadá, e o campeão e o vice garantirão vaga nos Jogos Olímpicos de Pequim, na China, em 2008.ArgentinaA Argentina dominou mas não soube liquidar o jogo, que fechou a primeira rodada do Grupo B. Nos últimos minutos, o Equador, com velozes combinações e muita força física, chegou ao empate.O primeiro tempo foi um show de Morales, jogador do Racing de Avellaneda. Ele mostrou habilidade, passes precisos e coragem para enfrentar defensores bem mais altos e fortes. Apesar disso, o Equador levava mais perigo, nos contra-ataques.Logo no início do segundo tempo, uma falha de Majao tirou da jogada o goleiro Dominguez e deixou o argentino Abán livre para marcar. O Equador passou a atacar.Arroyo quase fez um golaço, após passar por vários rivais no caminho, mas seu potente chute foi desviado para escanteio pelo goleiro Romero. Cinco minutos depois, Rodríguez empatou após uma grande jogada de Ayoví e Caicedo.Matéria alterada às 02h19 para acréscimo de informaçãoes

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.