Sul-coreanos celebram inédita classificação fora de casa

Disputando a sua sétima Copa do Mundo, a Coreia do Sul enfim pode se orgulhar de avançar às oitavas de final em um Mundial longe de seu país. Nesta terça-feira, os sul-coreanos garantiram a sua classificação ao empatar por 2 a 2 com a Nigéria, em Durban. A única vez em que tinham avançado além da primeira fase foi em 2002, jogando em casa.

AE, Agência Estado

22 de junho de 2010 | 19h10

Capitão e principal jogador da Coreia do Sul, o meia-atacante Park Ji Sung comemorou a conquista da vaga no Mundial da África do Sul. "Nosso objetivo era chegar às oitavas. Nós tivemos sucesso em fazer isso pela primeira vez longe de casa", destacou o atleta do Manchester United. "Estou muito feliz. Todos os jogadores sambem como é importante."

Já o técnico Hug Jung Moo valorizou a maturidade do time sul-coreano, que não se abalou por sofrer um gol da Nigéria logo no início. "Durante o jogo, nós sofremos um gol e foi uma situação difícil", comentou. "Mas os jogadores permaneceram calmos e empataram a partida", disse o treinador.

Depois de sofrer para arrancar a igualdade com os nigerianos, já que chegaram a virar o placar e permitiram um novo empate, os sul-coreanos enfrentarão nas oitavas o Uruguai. O jogo diante dos uruguaios, invictos na competição, será no próximo sábado, em Port Elizabeth, às 11 horas (de Brasília).

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2010futebolCoreia do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.