Sul-Minas: Coritiba busca reabilitação

Depois de três derrotas consecutivas, o Coritiba pensa apenas na reabilitação, diante do Grêmio, às 16 horas deste domingo, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre, para acalmar a torcida e buscar uma colocação melhor na tabela, onde está na 9ª posição, com 17 pontos. "Pelo clube grande que somos, temos que terminar com honra", diz o técnico Joel Santana. "Por isso vamos buscar essa posição honrosa." O discurso da busca da dignidade é unanimidade entre os jogadores. "Tem muita gente aqui que tem valor para ser mostrado e é isso que vamos fazer nestes últimos jogos", garante o atacante Da Silva, que retorna ao time depois de ficar fora nas três derrotas recuperarando-se de uma lesão nas costas. O goleiro Wellerson tem se destacado nos jogos, em razão da fragilidade da defesa, mas não conseguiu evitar as derrotas. "Só saímos dessa situação trabalhando, tendo fé e visando o próximo objetivo, que é o Grêmio", diz. No ano passado, o time gaúcho tornou-se um adversário constante do Coritiba. Foram sete partidas, com quatro vitórias gremistas, duas do Coritiba e um empate. Este ano é a primeira vez que se confrontam. "Estamos pegando uma equipe de ponta para matar ou morrer", destaca Joel Santana. "O Grêmio joga a sorte dele contra o Coritiba, mas é o tipo de jogo que gostamos de jogar."

Agencia Estado,

30 Março 2002 | 17h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.