Sul-Minas-Rio tem 1ª rodada detalhada; Fluminense joga no DF e Grêmio em Chapecó

A Primeira Liga, entidade organizadora da Copa Sul-Minas-Rio - formada por 12 clubes de cinco Estados (Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) -, anunciou nesta quinta-feira a tabela detalhada da primeira rodada da nova competição do futebol brasileiro, com a definição de datas, horários e locais dos seis confrontos previstos para os dias 27 e 28 deste mês.

Estadão Conteúdo

21 de janeiro de 2016 | 17h01

Na quarta-feira, dia 27, serão quatro jogos - dois às 19h30 e outros dois às 21h45 (de Brasília). No primeiro horário, o Fluminense tem o mando de campo contra o Atlético Paranaense, mas a partida não será no Rio. O time carioca decidiu levá-la para o estádio Mané Garrincha, em Brasília.

O outro duelo das 19h30 é entre Criciúma e Cruzeiro, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC). Originalmente, esta partida seria a de abertura da Copa Sul-Minas-Rio, às 17 horas, mas a equipe catarinense conseguiu a alteração de horário alegando maior presença de público.

Às 21h45, a quarta-feira será fechada com o duelo entre Atlético Mineiro e Flamengo, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte - originalmente seria no estádio Independência -, e entre Internacional e Coritiba, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Na quinta-feira, o Independência terá o seu primeiro jogo na competição com América-MG x Figueirense, às 19h30. Mais tarde, às 21h45, o Avaí tem o mando de campo contra o Grêmio, mas não jogará no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Com o objetivo de atrair mais público - especialmente os gremistas no oeste de Santa Catarina, a partida será na Arena Condá, em Chapecó.

No regulamento da Copa Sul-Minas-Rio, os 12 clubes estão divididos em três grupos de quatro times cada. Após turno único dentro das chaves, passam às semifinais o campeão de cada e o melhor segundo colocado. Esta fase e a grande decisão - em 31 de março - serão em jogos únicos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.