Súmula relata expulsões de Erazo e Kannemann por briga após final

Jogadores brigaram após o apito final do árbitro Luiz Flavio de Oliveira

Estadão Conteúdo

08 de dezembro de 2016 | 16h45

A súmula da partida decisiva da Copa do Brasil, que deu ao Grêmio o título do torneio, quarta-feira à noite, revela que dois jogadores foram expulsos após o apito final. Os zagueiros Frickson Erazo, do Atlético-MG, e Walter Kannemann, do Grêmio, receberam o cartão vermelho depois do jogo já acabado.

De acordo com o árbitro paulista Luiz Flávio de Oliveira, Erazo recebeu o vermelho direto por "partir para luta corporal" com Kannemann, mesmo motivo da expulsão do zagueiro argentino, quando o juiz ressalta que a luta aconteceu no chão.

A súmula do jogo ainda relata que o Grêmio entregou a relação de jogadores inscritos para a partida apenas às 22h57, com atraso de 22 minutos, e que a torcida gremista atacou bobinas de papel dentro do campo no primeiro tempo e acendeu "alguns sinalizadores" no fim do segundo tempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.