Superávit da Federação Paulista de Futebol somou R$ 739 mil

Porém, o valor total final do montante arrecadado caiu de R$ 991 mil em 2006 para R$ 739 mil, no ano passado

Agência Estado

07 de março de 2008 | 12h28

A Federação Paulista de Futebol fechou 2007 com queda de 25,4% em seu superávit. Segundo balanço publicado nesta sexta-feira, o valor positivo final caiu de R$ 991 mil em 2006 para R$ 739 mil no ano passado. A receita bruta da entidade que administra o futebol no Estado subiu 19,8% no período, para R$ 11,899 milhões, com alta nas rubricas comerciais, de registros e filiações, campeonatos e taxas da escola de arbitragem. A receita com multas do STJ cresceu 132%, para R$ 457 mil. A despesa operacional da federação subiu 10,9% em 2007, para R$ 11,546 milhões. Também cresceram as despesas com pessoal, administrativas, de contribuições e subvenções e de eventos e divulgações. O resultado operacional final foi positivo em R$ 352 mil, mas uma receita não operacional de R$ 387 mil, não detalhada nos números, levou ao superávit final de R$ 739 mil. 

Tudo o que sabemos sobre:
FPFbalançosnegócios do futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.