Superclássico das Américas testa segurança para Copa de 2014

Primeiro jogo do confronto Brasil x Argentina porá em prática o esquema para o Mundial

EFE

19 de setembro de 2012 | 22h18

BRASÍLIA - As Forças Armadas aproveitaram a realização em Goiânia da partida de ida do Superclássico das Américas, entre Brasil e Argentina, nesta quarta-feira, para fazer um teste do plano de segurança que será realizado durante a Copa do Mundo de 2014.

As autoridades elegeram o torneio amistoso na capital de Goiás para realizar este primeiro preparativo, segundo informações divulgadas pelo Ministério da Defesa em comunicado.

A segurança dentro do estádio, da mesma forma que acontecerá no Mundial e na Copa das Confederações de 2013, ficou a cargo de uma empresa de segurança privada, enquanto as Forças Armadas e a Polícia se encarregaram do restante de tarefas.

O plano de segurança para essas duas competições prevê a mobilização de 17,5 agentes de segurança privada, cujo treinamento começará em fevereiro de 2013, segundo a nota. Os detalhes do plano serão divulgados durante um seminário que será realizado em Porto Alegre nos dias 10 e 11 de outubro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.