Sebastien Berda/AFP
Sebastien Berda/AFP

Superclássico espanhol terá em campo elencos que valem R$ 4 bilhões

Real Madrid e Barcelona se enfrentam neste sábado em jogo na capital que reúne os quatro jogadores mais caros do mundo

O Estado de S. Paulo

24 de outubro de 2014 | 07h00

O maior clássico do futebol espanhol, entre Real Madrid e Barcelona, é um confronto de rivalidade, técnica e também de cifras. No encontro deste sábado, pelo Campeonato Espanhol, no Santiago Bernabéu, estarão em campo os dois clubes com mais valor de mercado no mundo e com elencos que, somados, chegam ao montante de R$ 4 bilhões. Os dados são do site britânico Transfer Markt, referência em informações sobre transferências no futebol mundial. De acordo com a página, o clássico na capital espanhola terá ainda os quatro jogadores com maior valor de mercado no planeta, sendo dois de cada equipe. O português Cristiano Ronaldo e o galês Gareth Bale pelo Real Madrid e do lado do Barcelona, o argentino Lionel Messi e o brasileiro Neymar.

Enquanto o jogo não começa, pelo menos no quesito financeiro a equipe madrilenha está na frente. De acordo com o site, o time tem valor de mercado de R$ 2,4 bilhões, contra os R$ 2,1 bilhões dos rivais, mesmo com um elenco mais enxuto que os catalães (26 contra 22 jogadores). As contratações valiosas do Real Madrid para esta temporada contribuíram para aumentar o valor do elenco, como as chegadas do colombiano James Rodríguez, artilheiro da Copa do Mundo, e do alemão Toni Kroos.


Mesmo com estilos diferentes de jogo, o veloz Real Madrid diante da cadência do Barcelona, e adversários históricos no futebol e até mesmo na política espanhola, os rivais deste sábado têm um grande ponto em comum: as suas respectivas estrelas. Messi e Cristiano Ronaldo ficaram com os seis últimos prêmios da Bola de Ouro da Fifa e têm valor idêntico de mercado: R$ 423 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.