Suplente na Olimpíada, Gustavo Henrique recebe sua medalha de ouro

Zagueiro esteve entre os 22 convocados inicialmente para a disputa dos Jogos no Rio

Estadao Conteudo

08 Fevereiro 2017 | 18h22

Mesmo sem sequer ter treinado com a seleção brasileira para os Jogos Olímpicos do Rio, o zagueiro Gustavo Henrique, do Santos, recebeu nesta quarta-feira sua medalha de ouro. O Comitê Olímpico Internacional (COI) entrega a honraria a todos os 22 jogadores inscritos no torneio, não apenas aos 18 que compõem cada elenco.


"No momento que soube que receberia a medalha, fiquei muito feliz. Esperei muito esse momento. Mesmo não estando no campo com o pessoal, estava torcendo muito. É muito gratificante receber essa medalha. Estou realizado", disse o zagueiro, que recebeu a medalha das mãos do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero.


Gustavo Henrique foi o último dos quatro suplentes a receber a medalha remetida do COI à CBF. Antes dele, retiraram suas medalhas o goleiro Jean, do Bahia, e os atacantes Felipe Vizeu, do Flamengo, e Valdivia, do Internacional. "Com certeza daqui a 70 anos estarei mostrando para os meus netos, contando que participei do grupo olímpico", diz o santista.


O zagueiro está afastado do futebol desde que sofreu grave lesão em setembro. No início de outubro, ele foi submetido a cirurgia para a reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. Em tratamento, sequer foi inscrito no Campeonato Paulista.

Mais conteúdo sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.