Surpresa da Copa do Brasil em 2016, Juventude é o 1º eliminado de 2017

Equipe do interior do Rio Grande do Sul foi derrotado pelo Murici

Estadao Conteudo

08 Fevereiro 2017 | 19h30

Responsável por eliminar Coritiba e São Paulo na Copa do Brasil do ano passado, avançando até as quartas de final do torneio, o Juventude já está eliminado da competição em 2017. No primeiro jogo do torneio na temporada, em Alagoas, o Murici fez valer o mando de campo e venceu os gaúchos por 3 a 1.


Pelo regulamento da Copa do Brasil deste ano, o time mais bem posicionado no ranking da CBF (no caso o Juventude) atua fora de casa na primeira fase, contra uma equipe de ranking mais baixo (o Murici, nesse confronto), jogando pelo empate. E na estreia desse modelo, o Juventude, 38.º do ranking, caiu diante do Murici, o 130.º.


Tarcísio fez dois gols pelo Murici, que também foi às redes com Deisinho. Já o único gol do Juventude foi marcado pelo veterano Tadeu, ex-Palmeiras. Na próxima fase, a equipe de Murici pega quem vencer entre Atlético-AC e América-MG.


Depois de ser vice-campeão do Campeonato Gaúcho, conseguir o acesso na Série C do Brasileiro e só parar no Atlético-MG na Copa do Brasil, o Juventude perdeu o técnico Antonio Carlos Zago para o Internacional. Com ele, levou o zagueiro Klaus e o atacante Roberson. Comandado por Paulo César Parente, que veio do sub-20, o time de Caxias do Sul já estreara com dois empates no Estadual.

Mais conteúdo sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.