Reprodução
Reprodução

Surpresa, Ponte diz que ida de Pottker ao Corinthians estava praticamente certa

Equipe campineira afirma não ter tido nenhum acordo sobre a escalação do atleta na Copa do Brasil

Estadão Conteudo

09 Fevereiro 2017 | 19h58

A diretoria da Ponte Preta emitiu um comunicado oficial nesta quinta-feira para esclarecer as dúvidas geradas pela decisão do Corinthians em anunciar a desistência na contratação do atacante William Pottker. Surpresa com a decisão, a diretoria reafirmou o bom relacionamento com o clube co-irmão, garante não ter descumprido qualquer acordo e que a vinda do zagueiro Yago e do atacante Lucca não tem relação com a possível ida do atacante para o time da capital.

A nota ressalta que a ida de Willian Pottker para o Corinthians "estava bem encaminhada e praticamente finalizada". E que não recebeu nenhum pedido para não escalar o jogador na partida contra o Campinense, na última quarta-feira, na Paraíba, pela Copa do Brasil. Agora ele não pode defender o Corinthians caso passe para as fases decisivas da competição. "São assuntos e negociações distintos", disse a nota, se referindo aos empréstimos de Yago e Lucca.

O atacante de 23 anos, artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2016 com 14 gols, vinha sentindo a pressão desta novela e chegou a desabafar no último final de semana, quando o time venceu a Ferroviária por 2 a 1, com um gol dele. Na última quarta-feira, voltou a falar que "estou concentrado na Ponte Preta". Ele marcou outro gol, desta vez de pênalti. Diante da polêmica, dará uma coletiva nesta sexta-feira.

Willian Pottker tem contrato com a Ponte Preta até dezembro de 2019 e com multa rescisória de 4 milhões de euros - perto de R$ 13,5 milhões. A diretoria já rejeitou uma proposta do futebol chinês, optando por mantê-lo no clube pelo menos até o final do Campeonato Paulista, em maio. Mas já teria recebido consultas de outros clubes após a desistência oficial do Corinthians.

A quinta-feira foi de folga para o elenco após a chegada pela manhã de Campina Grande (PB). Os jogadores voltam aos treinos nesta sexta de olho no jogo contra o São Paulo, pela segunda rodada do Paulistão, neste domingo, às 17 horas, no estádio do Morumbi, na capital paulista.

Mais conteúdo sobre:
Ponte Preta futebol Ponte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.