Staff Images/Flamengo
Staff Images/Flamengo

Surto de caxumba no Flamengo faz CBF adiar a final da Copa do Brasil Sub-17

Partida contra o Fluminense foi remarcada para o próximo dia 21, no Maracanã

Estadão Conteúdo

11 Dezembro 2018 | 14h46

Um caso inusitado provocou o adiamento da final da Copa do Brasil Sub-17 entre Flamengo e Fluminense. Nesta terça-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou que um surto de caxumba em jogadores do time rubro-negro fez com que a partida decisiva marcada para o estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, neste mesmo dia, a partir das 21h30, fosse cancelado por motivo de força maior.

Segundo relatório apresentado pelo departamento médico do Flamengo, a equipe foi acometida por um surto de caxumba, impossibilitando os atletas de se apresentarem para o confronto. O fato já era de conhecimento público, mas o quadro se agravou no último dia, tendo atingido um número muito elevado de atletas do elenco.

Laudo da Comissão Médica e de Combate à Dopagem da CBF, feito a partir dos relatos do departamento médico e de exames apresentados pelo Flamengo, constataram a gravidade da situação, tanto do ponto de vista da saúde pública, quanto pelo risco à integridade física dos atletas.

Assim, a CBF determinou que a partida entre as duas equipes fica remarcada para o próximo dia 21, uma sexta-feira, às 20 horas, no estádio do Maracanã.

Na sexta-feira passada, no mesmo local, Fluminense e Flamengo empataram por 1 a 1 na primeira partida da decisão da Copa do Brasil Sub-17.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.