Alex Plavevski/ EFE
Alex Plavevski/ EFE

Surto de coronavírus adia jogos de clubes da China na Liga dos Campeões da Ásia

Guangzhou Evergrande, Shanghai East Asia e Shanghai Shenhua só vão atuar em abril

Redação, Estadão Conteúdo

04 de fevereiro de 2020 | 12h10

O surto de coronavírus na China provocou mais consequências no esporte. Nesta terça-feira, após uma reunião de emergência, a Confederação Asiática de Futebol (AFC, na sigla em inglês) decidiu adiar jogos de times chineses na Liga dos Campeões do continente por conta da epidemia de coronavírus no país - mais de 20 mil casos foram confirmados e o número de mortes chegou a 426 nos últimos dias.

Os clubes afetados são Guangzhou Evergrande, Shanghai East Asia e Shanghai Shenhua, que tinham as suas estreias marcadas para a próxima semana, com jogos de segunda a quarta-feira. No entanto, os três só vão entrar em campo pela competição em abril, fechando a fase de grupos até o final de maio.

Os seus adversários nesta etapa da competição são os australianos Melbourne Victory, Perth Glory e Sydney FC; os japoneses Vissel Kobe, FC Tokyo e Yokohama Marinos; os sul-coreanos FC Seul, Suwon Samsung Bluewings, Ulsan Hyundai e Jeonbuk Hyundai Motors; o malaio Johor Darul Ta'zim e o tailandês Chiangrai United's.

O Beijing Guoan, time do meia brasileiro Renato Augusto, foi o único chinês a não ter datas modificadas a princípio, por estar se preparando na Coreia do Sul para enfrentar o FC Seul no próximo dia 12. Na semana seguinte, o adversário será o Chiangrai, da Tailândia.

"Nos reunimos em circunstâncias difíceis para encontrar soluções que nos permitam jogar futebol, garantindo a proteção de todos os jogadores e torcedores. Também aceitamos que o coronavírus seja um problema muito maior do que apenas o futebol e desejamos a todos aqueles que foram afetados um rápido retorno à saúde", disse Windsor John, secretário geral da Confederação Asiática, em comunicado oficial.

Antes da Liga dos Campeões da Ásia, outros eventos do futebol foram afetados pela epidemia de coronavírus. A Supercopa da China e o início do Campeonato Chinês também foram adiados e ainda não têm datas definidas pela Confederação Chinesa de Futebol.

Tudo o que sabemos sobre:
coronavírusfutebolChina [Ásia]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.