David Davies/PA via AP
David Davies/PA via AP

Surto de covid-19 provoca onda de adiamentos no Campeonato Inglês

Até agora, seis jogos da 18.ª rodada não puderam ser realizados, enquanto na 17.ª rodada havia tido três confrontos adiados

Redação, Estadão Conteúdo

19 de dezembro de 2021 | 05h00

O surto de covid-19 que atinge os clubes ingleses segue obrigando a Premier League a adiar partidas, algumas quase em cima do horário programado para seu início. Foi o que ocorreu ontem em Birmingham, onde jogariam Aston Villa e Burnley. Duas horas antes do apito inicial, quando torcedores já estavam nos arredores do estádio, foi anunciado o adiamento.

Até agora, seis jogos da 18.ª rodada não puderam ser realizados. Cinco seriam disputados ontem: Aston Villa x Burnley, Manchester United x Brighton, Southampton x Brentford, Watford x Crystal Palace e West Ham x Norwich. A partida entre Everton x Leicester, que seria hoje, também vai ser remarcada. A 17.ª rodada havia tido três confrontos adiados.

Três jogos marcados para hoje estavam mantidos até o final da noite de ontem: Newcastle x Manchester City, Wolverhampton x Chelsea e Tottenham x Liverpool.

Vale lembrar, porém, que o Tottenham passou por um surto recentemente, teve alguns jogos adiados e alguns jogadores que foram contaminados ainda não têm condição de atuar.

O aumento dos casos de covid-19 está ligado à variante Ômicron. A Premier League estuda até paralisar o campeonato e só retomá-lo em janeiro. A medida encontra resistência, pois a realização de jogos de futebol é uma das tradições da Inglaterra nessa época de Natal e Ano Novo. Reunião dos dirigentes deverá acontecer amanhã para discutir o tema.

Enquanto isso, alguns times reforçam ou retomam os protocolos contra a covid. Entre as medidas estão testes diários antes de entrar no centro de treinamento – no Chelsea, o jogador aguarda o resultado no carro –, apenas um jogador é atendido por vez na fisioterapia e o uso de máscara em todas as dependências do clube voltou a ser obrigatório.

O Campeonato Inglês tem a menor porcentagem de jogadores vacinados entre as principais ligas da Europa, com apenas 68%. As ligas da Itália, França, Alemanha e Espanha têm ao menos 90% dos seus atletas já imunizados com a segunda dose da vacina.

GOLS DE BRASILEIROS

No único jogo realizado ontem, o Arsenal goleou o Leeds por 4 a 1. Três dos gols da partida foram marcados por brasileiros. 

Gabriel Martinelli fez o primeiro e o segundo gol do time londrino. Saka e Smith Rowe marcaram os outros tentos do Arsenal. Raphinha, cobrando pênalti, foi o autor do gol de honra do time de Leeds, que jogou em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.