SERGIO NEVES/ESTADÃO
SERGIO NEVES/ESTADÃO

Suspeita de nova lesão muscular de Everton já preocupa o São Paulo

Substituído no intervalo do clássico, atacante sete dores na coxa esquerda, um velho problema do jogador

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

18 de fevereiro de 2019 | 11h00

O atacante Everton pode desfalcar o São Paulo nas próximas partidas, dependendo que exames a serem realizados no início desta semana detectarem. A preocupação é com uma nova lesão na coxa esquerda, problema que tirou o jogador de combate da maior parte do segundo turno do Brasileirão do ano passado.

Com dores na região, ele acabou substituído por Antony ainda no intervalo da derrota de domingo para o Corinthians, por 2 a 1. Nesta segunda, o elenco estará de folga. O próximo compromisso está marcado para o próximo dia 24, quando o time recebe o Red Bull Brasil, às 17h, no Morumbi, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

A apreensão é maior porque este mesmo tipo de lesão afastou Everton da equipe quando ela vivia seu auge na última temporada e liderava o Nacional. O jogador, um dos pilares do esquema tático do uruguaio Diego Aguirre, machucou-se logo na segunda rodada do returno, diante do Ceará. Ficou três partidas fora e voltou no clássico contra o Santos, quando precisou ser substituído ainda antes do intervalo por conta de dores geradas por uma fibrose de lesão mais antiga na mesma região, sofrida em 2015.

Retornou em outro clássico, diante do Palmeiras, quando o São Paulo estava em queda na competição, e sofreu novo estiramento muscular. Passou mais um longo período ausente e, quando ficou à disposição da comissão técnica novamente, o time já havia se distanciado da briga pelo título.

Em 2019, Everton ainda está longe de brilhar. Marcou apenas um gol e deu uma assistência até aqui. No primeiro tempo do Majestoso de domingo, foi discreto e pouco contribuiu. Vale lembrar que o São Paulo já está desfalcado de outro ponta de velocidade, o equatoriano Rojas, que machucou o joelho na reta fina da última temporada e só deve retornar para o início do Brasileirão.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.