Siphiwe Sibeko/Reuters
Siphiwe Sibeko/Reuters

Suspeito de matar goleiro e capitão Senzo Meyiwa é preso

Com breve aparição em tribunal, o suspeito de atirar contra o peito do jogador vai para a prisão e tem seu caso adiado até novembro

Zandi Shabalala - Reuters

31 de outubro de 2014 | 14h37

Segundo o porta-voz da Autoridade Nacional de Promotoria, foi preso um suspeito de assassinar o capitão da seleção de futebol da África do Sul. O porta-voz Nathi Mncube disse que o suspeito, Zanokuhle Mbatha, fez uma breve aparição num tribunal de Joanesburgo. Entretanto, o caso foi adiado até 11 de novembro.

O goleiro e astro do futebol nacional Senzo Meyiwa foi atingido por um único tiro no peito na noite de domingo em uma briga com dois invasores na casa de sua namorada, a atriz e cantora Kelly Khumalo. Ele será enterrado no sábado. A morte do jogador evidenciou o problema da violência armada na África do Sul.

Meyiwa, de 27 anos, que jogava pelo clube Orlando Pirates, tinha uma legião de fãs na África do Sul, e a polícia, sob enorme pressão pública e política, lançou uma caçada por seus assassinos.

Tudo o que sabemos sobre:
futintermortegoleiroSenzo Meyiwa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.