Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Suspensão de Felipe Melo faz Palmeiras reeditar dupla de zaga com Luan e Gómez

Dupla de zaga campeã brasileira em 2018 entra em campo neste sábado diante da Ferroviária

Redação, Estadao Conteudo

06 de março de 2020 | 16h14

O Palmeiras vai reeditar, neste sábado, às 17 horas, no Allianz Parque, diante da Ferroviária, pela nona rodada do Campeonato Paulista, a dupla de zaga campeã brasileira em 2018. Com a suspensão de Felipe Melo, por causa dos três cartões amarelos, Luan vai atuar ao lado de Gustavo Gómez.

"Oportunidade é sempre boa e a gente trabalha para isso. Procurei dar o meu melhor em todas as chances que tive e, agora, não será diferente. Para os companheiros, é da mesma forma. É um jogo difícil e a Ferroviária tem um bom time, mas estaremos em casa e daremos o melhor para vencer", disse Luan, em entrevista coletiva após o treino desta sexta-feira, no Allianz Parque.

Titular pela última vez, em 29 de janeiro, na goleada por 4 a 0 sobre o Oeste, Luan afirmou que a disputa por um lugar na equipe titular com Felipe Melo é "saudável". "O professor (Vanderlei Luxemburgo) achou melhor para a equipe e para ele (Felipe Melo) atuar mais recuado e não tem problema. A disputa está aberta, na lealdade e vai jogar quem estiver melhor. Quando ele jogar, vou estar torcedor por ele e acho que a recíproca é verdadeira."

Com Luan e Gómez, o Palmeiras ficou 1.081 minutos consecutivos sem sofrer gol. Os dois zagueiros atuaram juntos em 41 jogos, com 27 vitórias, nove empates, cinco derrotas, com a defesa sendo vazada apenas 17 vezes (média de 0,4 por jogo).

Perguntado se o Palmeiras deveria ter mais jogadores chamados por Tite na seleção brasileira - o único foi o goleiro Wéverton -, Luan preferiu não polemizar. "Eu não posso julgar. O Tite é um técnico muito gabaritado. Quem sou eu para questionar uma lista de convocação? Muitos dos jogadores do elenco atual do Palmeiras já estiveram na seleção. Os olhos sempre estarão voltados para o nosso time e quem se destacar vai ter uma oportunidade."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.