Suspensão de Ronaldo surpreende Bota

A condenação a 120 dias de suspensão do meia Ronaldo, por causa de doping, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nesta sexta-feira, surpreendeu os dirigentes do Botafogo, que acreditavam na absolvição do jogador. No dia 11, ele foi julgado pela comissão disciplinar do órgão, em primeira instância, e absolvido. Devido à punição, o atleta só pode voltar aos gramados em março. Seu contrato com o Botafogo vai até o final deste ano. "Estou surpreso. Jamais poderia pensar nesta decisão, depois de ele ter sido absolvido na primeira instância. Infelizmente, o STJD costuma ser implacável no julgamento de casos por doping", disse o advogado do atleta, Alberto Macedo. O exame de Ronaldo deu positivo para a substância Fenproporex, um estimulante, depois da vitória sobre o Palmeiras, por 3 a 1, onde marcou um gol, pelo Campeonato Brasileiro, no dia 4 de novembro. Abalado, o jogador não quis dar declaração, ao saber da decisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.