Suspenso contra Chapecoense neste domingo, Marinho ganha 'semana livre' no Santos

Suspenso contra Chapecoense neste domingo, Marinho ganha 'semana livre' no Santos

Atleta ganhou folga para estar inteiro nos duelos de mata-mata pelas quartas de final da Copa Sul-Americana

Redação, Estadão Conteúdo

31 de julho de 2021 | 20h45

O técnico Fernando Diniz deixou claro após a goleada sobre o Juazeirense, por 4 a 0, na ida das oitavas de final da Copa do Brasil, que pouparia alguns titulares na dura série de jogos pela frente. Suspenso contra a Chapecoense neste domingo, o atacante Marinho é o primeiro a ter descanso, pois não foi para Santa Catarina e está fora, também, do confronto de volta, na Bahia. O astro terá uma semana "livre" para recuperar o fôlego.

Marinho vinha rendendo abaixo do esperado nos últimos jogos por causa dos tantos jogos disputados em série. Chegou a bater boca com o técnico diante do Atlético Goianiense ao tentar "decidir" sozinho. Com o placar adverso, queria fazer gol de todo jeito naquele jogo e Diniz tentou tirar o peso do resultado das costas do atacante.

Agora, para estar inteiro nos duelos de mata-mata pelas quartas de final da Copa Sul-Americana contra o Libertad, ganha folga em dois jogos seguidos para descansar. Marinho não fez parte dos 26 relacionados para encarar a Chapecoense que, logo após o duelo na Arena Condá, embarcam direto para Juazeiro do Norte para confirmar a enorme vantagem de 4 a 0 sobre o Juazeirense.

Contra a Chapecoense, o zagueiro Daniel Boza também está fora, por causa de uma lesão. Kaio Jorge não atua mais por causa da negociação com a Juventus. Apesar de Diniz pressioná-lo para ficar até dezembro, a ideia é se apresentar na Itália já nesta abertura europeia. Marcos Leonardo e Bruno Marques disputam a vaga de centroavante em Santa Catarina.

O Santos deve jogar neste domingo com João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Kaiky e Felipe Jonatan; Camacho, Jean Mota e Carlos Sánchez (Gabriel Pirani); Lucas Braga, Marcos Leonardo (Bruno Marques) e Marcos Guilherme.

Parte desse time também deve receber descanso na Bahia. Carlos Sánchez é um dos que devem ser preservados, assim como Marcos Guilherme. Diniz deve aproveitar a volta da Copa do Brasil para testar novos jovens.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.