André Lessa/AE - 07/04/2012
André Lessa/AE - 07/04/2012

Suspenso, corintiano Emerson ganha folga até segunda

Jogador não será julgado pelo STJD nesta sexta-feira e por isso, não enfrenta o Sport no domingo

VÍTOR MARQUES, O Estado de S. Paulo

27 de setembro de 2012 | 16h53

SÃO PAULO - Prestes a cumprir o quarto de seis jogos de suspensão no Campeonato Brasileiro, o atacante Emerson ganhou uma folga generosa da comissão técnica do Corinthians e poderá descansar até a próxima segunda-feira. A assessoria do clube confirmou que o atleta não apareceu para treinar na atividade desta tarde desta quinta, no CT Joaquim Grava, justamente por causa da inesperada liberação do atleta.

A folga confirmada de última hora foi anunciada depois de o Corinthians ficar sabendo que o nome de Emerson não entrou na pauta de julgamento desta sexta do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O departamento jurídico do clube entrou com pedido de recurso para reduzir a pena de seis jogos que o atacante recebeu após ter sido punido por ter xingado o árbitro Péricles Bassols no confronto com o Atlético-MG, no último dia 2 de setembro, mas ainda não será desta vez que o atleta será julgado.

Fora da pauta de julgamentos desta sexta, Emerson perdeu qualquer chance de enfrentar o Sport, neste domingo, no Pacaembu, pela 27.ª rodada do Brasileirão. Anteriormente, o clube também não teve sucesso ao tentar conseguir um efeito suspensivo para o jogador poder enfrentar o Palmeiras no clássico do último dia 16, no Pacaembu.

Além do treino desta tarde de sexta-feira, o elenco corintiano fará, neste sábado pela manhã, uma última atividade de preparação para o duelo contra o Sport. Com Emerson de volta aos treinos na próxima semana, o time só voltará a atuar pelo Brasileirão no próximo dia 6, contra o Náutico, nos Aflitos, em Recife, pela 28.ª rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCorinthiansEmerson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.