Suspenso indiano que agrediu brasileiro

Subrata Pal, o goleiro do Dempo FC quese chocou com o jogador brasileiro Cristiano Lima Junior, que morreu emseguida, foi punido nesta segunda-feira com três meses de suspensão. Cristiano Junior caiu inconsciente no campo após ter sidoagredido no rosto pelo goleiro do Dempo FC, ao marcar o segundo golna vitória de sua equipe, o Mohun Bagan de Calcutá, na final da Copada Federação em 5 de dezembro. Pouco depois, o jogador brasileiro morreu e a necropsia revelouque a causa da morte tinha sido uma parada cardíaca. "Subrata Pal admitiu seu erro, mas disse que não teve intenção deprejudicar o jogador adversário e aceitamos sua versão", disse opresidente do comitê disciplinar da federação indiana, HardevJadeja. "Decidimos ser tolerantes com o jogador por sua juventude, masachamos que ele precisa de um período de descanso para que as coisasse acalmem", acrescentou. Subrata Pal não foi afastado da equipe durante este tempo, mashoje foi punido e terá de ficar três meses longe dos campos. O árbitro do jogo também foi suspenso por não ter expulsado ogoleiro e por não ter sido mais rápido na hora de pedir umaambulância. O ocorrido provocou um confronto entre os dirigentes da equipe eos meios de comunicação, pelas criticas ao jogador e pelaresponsabilidade dos organizadores na demora da transferência dobrasileiro para um hospital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.