Claudio Bresciani / Reuters
Claudio Bresciani / Reuters

Sven-Goran Eriksson começa trabalho como técnico das Filipinas com vitória

No outro jogo do grupo B, Indonésia derrota Timor Leste por 3 a 1

Estadão Conteúdo

13 de novembro de 2018 | 13h38

Experiente treinador, com passagens por seleções como a Inglaterra e o México, o sueco Sven-Goran Eriksson iniciou com o pé direito o seu trabalho na modesta equipe das Filipinas, que ocupa apenas a 116.ª colocação do ranking da Fifa. Nesta terça-feira, pela estreia nas Eliminatórias da Copa da Ásia de 2019, o time filipino recebeu Cingapura e venceu por 1 a 0, no Panaad Stadium, na cidade de Bacolod.

Eriksson teve trabalho com seus novos comandados nesta terça-feira. Com pouco poder ofensivo, poucas chances foram criadas e o gol só saiu aos 33 minutos do segundo tempo com o centroavante Patrick Reichelt. Para o técnico, é fruto do pouco tempo de treinamentos, pois assumiu a seleção apenas há um mês.

Com os três pontos em sua primeira partida pelo Grupo B das Eliminatórias, a seleção das Filipinas divide a liderança com Tailândia, Cingapura e Indonésia, que também nesta terça-feira derrotou o lanterna Timor Leste (sem pontuar) por 3 a 1. O próximo compromisso será contra o Timor Leste neste sábado, fora de casa. O objetivo é chegar à fase final da Copa da Ásia, que será em janeiro nos Emirados Árabes Unidos.

O treinador sueco, de 70 anos, tem larga experiência no futebol mundial. Já comandou três seleções nacionais antes das Filipinas - com a Inglaterra disputou as Copas do Mundo de 2002 e de 2006; e com Costa do Marfim esteve no Mundial de 2010 - e 13 clubes. Os de maior destaque são Manchester City, Benfica, Roma, Fiorentina e Lazio.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.