Lefteris Pitarakis/AP
Lefteris Pitarakis/AP

Swansea goleia zebra Bradford por 5 a 0 e fatura Copa da Liga Inglesa

Novo campeão do torneio não é inglês, mas sim um clube do País de Gales

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2013 | 15h09

LONDRES - Os mais antigos times brasileiros já sabem: nada melhor do que comemorar o centenário ganhando títulos. Por isso foi ainda maior a festa que o Swansea City fez neste domingo, no lendário estádio de Wembley, ao faturar a Copa da Liga Inglesa, maior conquista de uma história que se tornou centenária exatamente nesta temporada.

Na final deste domingo, um jogo histórico contra o Bradford, um time da quarta divisão que deixou para trás gigantes do futebol inglês para chegar à decisão. Mas, em Wembley, a equipe não conseguiu manter as apresentações das fases iniciais e acabou batida por incontestáveis 5 a 0, na maior goleada da história das finais da competição.

Chama atenção o fato de que o novo campeão da Copa da Liga Inglesa não é inglês, mas sim um clube do País de Gales. Essa, porém, não é a primeira vez que isso acontece por lá, uma vez que o Cardiff City já venceu a Copa da Inglaterra uma vez, em 1926/1927. Esta mesma equipe havia sido vice-campeã da Copa da Liga na temporada passada, perdendo para o Liverpool.

A derrota não estragou a campanha história que fez o Bradford, um time que quase foi à falência duas vezes nos últimos anos, gastou o equivalente a R$ 23 mil para montar o elenco vice-campeão, e se tornou a primeira equipe da quarta divisão a chegar à final do torneio em meio século. Na campanha, eliminou ainda três times da Premier League (primeira divisão): Wigan, Arsenal e Aston Villa.

O Bradford escapou por pouco do rebaixamento para a quinta divisão nos dois últimos anos e tem chances remotas de subir nesta temporada. Neste domingo, foi acompanhado por 32 mil torcedores, que esgotaram a cota de ingressos reservada ao clube e fizeram festa ainda maior que a dos fãs do Swansea, comemorando cada drible, cada chute, mesmo quando o time já estava sendo goleado. No fim, aplaudiu de pé, por longos minutos, os vice-campeões.

Pelo lado do time galês, o título confirma uma ascensão impressionante. O currículo do Swansea de três acessos em sete temporadas começou a partir do fundo do poço. Em 2001 o clube tinha caído para a quarta divisão e afundava em dívidas. Para piorar, foi comprado pelo valor irrisório de uma libra e como os resultados não vieram no começo da temporada, foi revendido pelo mesmo preço. Insatisfeitos com essa desvalorização, torcedores formaram um consórcio para liderar a reação da equipe, que se tornou, na temporada passada, o primeiro de Gales a disputar a primeira divisão da Inglaterra.

O título também consagra o técnico Michael Laudrup, maior jogador da história da Dinamarca, e que agora conquistou seu primeiro título como treinador. Neste domingo, a goleada veio com dois gols do inglês Dyer, dois do holandês Guzman e um do espanhol Michu, grande destaque da equipe e um dos artilheiros do Campeonato Inglês. O Bradford teve que jogar os últimos 35 minutos da partida com um jogador a menos, por causa da expulsão do goleiro Duke.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.