Rodrigo Coca/Ag Corinthians
Rodrigo Coca/Ag Corinthians

Sylvinho considera escalar Corinthians com Luan, Giuliano e Renato Augusto juntos

Meia tem sido ironizado pela torcida e permanece no banco sem encontrar saída para recuperar seu futebol

Redação, Estadão Conteúdo

16 de agosto de 2021 | 06h34

Giuliano fez neste domingo, na vitória por 3 a 1 sobre o Ceará, o segundo jogo como titular pelo Corinthians, enquanto Renato Augusto estreou com direito a gol na Neo Química Arena. Já Luan, que briga por posição com os recém-chegados, viu tudo do banco de reservas, onde ele está acostumado a ficar. A situação, contudo, pode mudar, já que Sylvinho não descarta utilizar os três juntos na sequência da temporada no Brasileirão.

Luan não joga desde o dia 17 de julho, quando entrou nos minutos finais da derrota por 2 a 1 para o Atlético Mineiro. Reserva não utilizado por quatro jogos seguidos, ele ainda está nos planos do treinador corintiano, que garante que o meia vem se esforçando nos treinamentos. Questionado se o atleta ainda teria espaço no time com a chegada dos novos reforços, Sylvinho disse que pensa na possibilidade de montar um esquema para encaixá-lo na escalação.

"Penso (em escalar Luan), sim. Primeiro, grandes atletas podem jogar juntos sem nenhum problema, a história prova isso. Quando eu digo que o Luan está treinando muito bem, a pergunta vem do Luan, mas os demais atletas todos estão treinando muito bem também. Existe um processo natural, inclusive com a chegada do Giuliano e do Renato, de competitividade natural do elenco nos treinamentos que é muito saudável", avaliou.

Uma das possibilidades, segundo o técnico, é utilizar Luan como falso nove, como já foi feito em outras oportunidades. De qualquer maneira, são apenas projeções, e o jogador pode voltar a aparecer escalado no meio de campo se necessário, até porque Renato Augusto ainda não está na condição física ideal.

"O Luan teve um processo conosco muito bom, de um falso nove, é um atleta que tem muita mobilidade, qualidade técnica, boa conexão de jogo no meio de campo. Por isso, é importante ele jogar com atletas que ele conhece, de boa qualidade também. Em determinado momento, teve uma lesão, o Jô assumiu um pouco esse nove reciclado, não falso nove, que tem nos dado bastante resultado. O Luan, com a qualidade que ele tem, pode voltar a jogar de falso nove ou de meio campo, onde ele rende bastante", projetou Sylvinho.

O certo é que no momento muitos nomes estão na frente de Luan. Além de Adson, autor de dois gols na vitória sobre o Ceará, Sylvinho tem recorrido com frequência a Mateus Vital e Vitinho. O treinador terá uma semana cheia para pensar nas possibilidades de escalação antes do próximo compromisso pelo Brasileirão, contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada, marcado para o próximo domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.