Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Sylvinho não garante estreias de Renato Augusto e Giuliano no clássico com Santos

Duelo com equipe santista acontece no próximo domingo, às 16h, na Vila Belmiro

Redação, Estadão Conteúdo

02 de agosto de 2021 | 06h34

Depois da derrota para o Flamengo por 3 a 1, no domingo, em plena Neo Química Arena, em São Paulo, o Corinthians terá a semana inteira para se preparar para o clássico contra o Santos, no próximo domingo, às 16 horas, no estádio da Vila Belmiro, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Sylvinho pode ter novidades com as presenças dos recém-contratados Renato Augusto e Giuliano, mas não garantiu a estreia deles no final de semana.

Na parte legal, com relação à documentação e registro no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, a dupla já estará em condições de jogo contra o Santos. Os dois, porém, ainda trabalham a parte física.

"São dois atletas que estão se incorporando ao time, de muita qualidade e experiência. Giuliano está treinando à frente do Renato. Mas só a semana e o campo vão mostrar se estão preparados para os jogos. Será muito bom utilizá-los, vão agregar demais, mas precisam de seus tempos para estrear, para se adaptarem, eles estavam inativos, vamos ter cuidado para colocar o mais rápido possível", afirmou Sylvinho.

O técnico falou também sobre Luan, que ficou no banco de reservas por 90 minutos contra o Flamengo e não entrou na partida. Ele negou que o jogador venha fazendo treinos ruins e deu a entender que, atualmente, a disputa dele é com o centroavante Jô.

"Luan jogou suas partidas, Jô estava fora, houve a troca, Jô voltou a jogar, tem dado retenção, oxigenado o time. Luan tem função não de profundidade, mas de pisar a área, jogando num campo mais atrasado, nas entrelinhas de flutuação com posse de bola. Como não íamos mexer no Jô, tinha que mexer no lado de campo. Luan tem treinado muito bem, não tenho anda a reclamar dele, tem se dedicado. O momento que proporcionar ocasiões, pode voltar a qualquer momento. Não tenho nada contra ele, ele tem treinado, é só uma questão de montagem do time", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.