Martin Meissner/ AP
Martin Meissner/ AP

Tabárez nega que relação de Cavani com Mbappé e Neymar seja ruim no PSG

Treinador concedeu entrevista nesta segunda-feira, véspera do jogo diante da França

Estadão Conteúdo

19 de novembro de 2018 | 17h22

O técnico do Uruguai, Óscar Tabárez, negou, em entrevista coletiva nesta segunda-feira, que Cavani tenha uma relação ruim com Mbappé e Neymar, seus companheiros de ataque no Paris Saint-Germain. O comandante uruguaio afirmou que, pelo que sabe, eles têm uma relação normal.

Tabárez não acredita na informação de alguns veículos da mídia francesa sobre a suposta má relação entre Cavani, Mbappé e Neymar. No amistoso do Uruguai contra o Brasil, na última sexta-feira, em Londres, o atacante uruguaio deu uma entrada forte no astro brasileiro e recebeu o cartão amarelo.

"Tenho grande respeito pela mídia e pela informação deles, mas estou convencido de que nem tudo o que eles dizem é verdade", afirmou o treinador, que disse não conversar com seus jogadores sobre assuntos particulares, a menos que seja procurado por eles.

"A situação de Edi (Cavani) pode ser a de qualquer jogador de futebol que está em uma grande equipe. Joga com duas grandes estrelas e em todas as grandes equipes têm muitas estrelas", disse ele.

A seleção do Uruguai enfrenta a França, atual campeã mundial, nesta terça-feira, no Stade de France, às 18 horas (de Brasília), no última partida de ambas as seleções nesta temporada.

Tabárez elogiou os franceses, por quem a seleção celeste foi eliminada nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia, e diz que seus comandados terão a mesma mentalidade do confronto anterior. "A mentalidade é a mesma que tivemos nos momentos antes desse jogo", resumiu o técnico de 71 anos.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.