Marcelo Cortes / Flamengo
Marcelo Cortes / Flamengo

Tabu, título inédito e hegemonia: veja a lista de campeões estaduais de 2021

Dezesseis torneios regionais foram encerrados neste fim de semana; o 'Estadão' destaca os vencedores

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2021 | 12h26

Após mais uma temporada marcada por interrupções em decorrência da pandemia do novo coronavírus, 16 campeonatos estaduais foram encerrados no fim de semana. No Paulistão e em Pernambucano houve quebra de tabu, enquanto na Bahia, Espírito Santo e Goiás times que jamais haviam vencido a competição levaram o título para suas casas. A festa foi grande. O Estadão mostra quem são os campeões de 2021. 

No tempo regulamentar 

Campeonato Alagoano - CSA

O CSA igualou o placar diante do CRB por 1 a 1 e levou a decisão do Alagoano para as penalidades. Com o goleiro Thiago Rodrigues inspirado, o time superou o adversário por 4 a 3 e sagrou-se campeão estadual pela 40º vez. 

Campeonato Amazonense - Manaus 

O Manaus venceu o São Raimundo por 3 a 2 no tempo regulamentar e conquistou sua quarta taça do Estadual. O time igualava o placar com o adversário até os 51 minutos do segundo tempo, quando saiu o gol salvador. 

Campeonato Carioca - Flamengo

O Flamengo superou o Fluminense por 3 a 1 e voltou a conquistar o título do Rio. A equipe rubro-negra sai de campo com a taça do Carioca em mãos pelo terceiro ano seguido. Gabigol fez dois gols. 

Campeonato Cearense - Fortaleza

Com melhor campanha ao longo do torneio, bastou ao Fortaleza igualar o marcador sem gols com o Ceará para levar para casa o título regional. O clube tricolor sagrou-se campeão pela 44ª vez. 

Campeonato Gaúcho - Grêmio

O Grêmio ficou no 1 a 1 com o Internacional e se tornou tetracampeão gaúcho. Além da conquista, o time manteve um tabu diante do maior rival. O Colorado não vence o Gre-Nal desde 2014. 

Campeonato Maranhense - Sampaio Corrêa 

O Sampaio Corrêa conquistou o bicampeonato maranhense após superar o Moto Club por 3 a 1 neste domingo. 

Campeonato Mato-grossense  - Cuiabá 

O Cuiabá conseguiu reverter a desvantagem no marcador da primeira partida e conquistou o décimo título estadual de sua história sobre o Operário. A vitória por 2 a 1 lhe garantiu uma campanha invicta.

Campeonato Mineiro - Atlético-MG

Detentor da melhor campanha do torneio, o Atlético teve a vantagem de igualar o marcador com o América na decisão. E foi isso o que aconteceu. Sem gols nas duas partidas da final, a equipe alvinegra saiu de campo com seu 46º título em mãos. 

Campeonato Paraense - Paysandu

Foi com três gols de Gabriel Barbosa, apelidado carinhosamente de "Gabigol da Curuzu", que o Paysandu goleou a Tuna Luso por 4 a 1 e sagrou-se campeão estadual. 

Campeonato Piauisense - Altos

Com atuação sólida, o Altos superou o Fluminense-PI por 3 a 0 e conquistou seu terceiro título estadual. 

Campeonato Sergipano - Sergipe

Apesar de ter se classificado para o mata-mata com a pior campanha entre os semifinalistas, o Sergipe conquistou seu 36ª título regional sobre o favorito Confiança. A equipe venceu o jogo de ida por 3 a 1 e perdeu a última partida por 1 a 0. 

Título inédito

Pela primeira vez

Campeonato Baiano - Atlético de Alagoinhas

Após 51 anos, o Atlético de Alogoinhas conquistou o Campeonato Baiano. Mesmo com um jogador a menos e tendo marcado um gol contra, o time superou o Bahia de Feira de Santana por 3 a 2 e levou a taça inédita para casa. 

Campeonato Goiano - Grêmio Anápolis

Foi nos pênaltis que o Grêmio Anápolis superou o Vila Nova e sagrou-se campeão estadual pela primeira em sua história. 

Campeonato Capixaba - Real Noroeste

Quem também acrescentou uma nova conquista em sua sala de troféus foi o Real Noroeste. A equipe superou o Rio Branco VN nos pênaltis e saiu de campo com o título inédito em mãos. 

Quebrando tabu

Campeonato Paulista - São Paulo

O São Paulo encerrou jejum de nove anos sem título estadual neste domingo. O Tricolor venceu o Palmeiras por 2 a 0, no Morumbi, e levantou a taça do Paulistão Sicredi 2021. 

Campeonato Pernambucano - Náutico

O Náutico voltou a vencer o Sport em uma decisão após 53 anos. O 23º título veio após disputa de pênaltis. 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.