Taça da Copa do Mundo chega à terra de Falcao Garcia e Valderrama

Seleção colombiana participa de um Mundial pela quinta vez em sua história

O Estado de S. Paulo

29 de janeiro de 2014 | 19h31

BOGOTÁ - Após a grave lesão do atacante colombiano Falcao Garcia, que rompeu o ligamento anterior cruzado do joelho esquerdo, a Colômbia viu suas chances na Copa do Mundo minguarem. Porém, a visita da taça oficial do torneio à capital do país parece ter renovado as esperanças dos colombianos, que agora apostam na recuperação total do seu principal jogador. Na terça-feira, a taça da Copa do mundo chegou a Bogotá para uma visita de três dias, na qual pôde contar com a visita de outra lenda do futebol local: Carlos Valderrama. O ex-jogador esteve presente no local montado pela organização do Tour da Taça e tirou fotos com os torcedores presentes.

A Copa do Mundo deste ano será a quinta vez da Colômbia num Mundial. Antes disso, ela participou de 1998, 1994, 1990 e 1962, sendo que a única vez que em que a seleção passou da fase de grupos foi em 1990, quando caiu nas oitavas de final diante de Camarões. Nas Eliminatórias para a edição atual do Mundial, a Colômbia surpreendeu a todos ao se classificar em segundo lugar, apenas dois pontos atrás da líder Argentina.

A taça da Copa fica na Colômbia até esta quinta-feira, quando parte rumo à Venezuela.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.