Rubens Chiri / São Paulo/ 4-11-2018
Rubens Chiri / São Paulo/ 4-11-2018

Talento precoce: algumas marcas de Helinho, sensação do São Paulo

Dos jogadores revelados pelo clube, meia-atacante é o primeiro a estrear com gol e o oitavo mais jovem a marcar

O Estado de S. Paulo

06 Novembro 2018 | 18h46

O gol marcado por Helinho no empate do São Paulo em 2 a 2 com o Flamengo, no último domingo, não foi apenas bonito, mas também histórico. O meia-atacante de 18 anos se tornou o primeiro jogador revelado em Cotia, sede das categorias de base, a balançar as redes logo na estreia e o oitavo mais jovem a marcar.

De acordo com dados divulgados pelo clube, antes do feito de Helinho, o recorde pertencia ao zagueiro Alex Silva (2006) e aos atacantes Lucas Gaúcho (2010) e David Neres (2016), que balançaram as redes quando defendiam o profissional do São Paulo já pela segunda vez.

Em relação à idade, o "artilheiro" mais precoce made in Cotia foi o zagueiro Breno, hoje no Vasco, que tinha pouco mais de 17 anos quando marcou na vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, no Brasileirão de 2007.

O golaço do garoto saiu apenas cinco minutos depois da entrada dele. O técnico Diego Aguirre o colocou no jogo logo na volta do intervalo, no lugar do zagueiro Anderson Martins. Se computados todos os estreantes pelo clube, desde 2010 um jogador não fazia gol tão rapidamente. Em fevereiro daquele ano, o atacante Fernandinho fez o primeiro dos seus quatro gols na goleada por 5 a 1 sobre o Monte Azul com apenas quatro minutos em campo.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.