Tapetão vira esperança do Guarani

Se dentro de campo as coisas vão de mal a pior, nos bastidores, a torcida do Guarani teve pelo menos uma boa notícia nesta quinta-feira. O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Luiz Zveiter, acolheu as duas queixas do time campineiro contra Flamengo e Botafogo. Com isso, o Guarani ganha um pouco de esperança na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Atualmente, o time ocupa a penúltima posição, com apenas 43 pontos, estando virtualmente rebaixado.O Guarani recorreu ao tribunal contra o Botafogo alegando é que o clube não apresentou ainda seus balancetes referentes a temporada de 2003, o que deveria ter ocorrido até dia 30 de abril, segundo exigência da Lei Pelé. Zveiter entregou a queixa à procuradoria do STJD, que vai averiguar a denúncia, dando parecer se haverá julgamento ou se o caso será encerrado.O time campineiro ainda quer tirar os pontos dos jogos do Flamengo em que o atacante Dimba atuou. Alegando que o camisa nove está inscrito irregularmente na competição. A alegação é de que o atacante não teve ainda apresentado à CBF seu documento de transferência internacional, uma vez que ele estava atuando no futebol da Arábia Saudita. O time de Campinas chegou a apresentar esta queixa durante o campeonato, mas a diretoria do Flamengo provou que a irregularidade não existe. O próprio departamento de registro da CBF já confirmou que a inscrição do atleta está correta.No entanto, apesar das denúncias terem sido encaminhadas, o próprio Zveiter adiantou que o clube poderá ser punido, caso as denúncias sem mostrem infundadas. "É preciso tomar muito cuidado, porque o Código Desportivo também prevê punições para denúncias infundadas", disse o dirigente carioca.Enquanto a diretoria luta nos bastidores, o técnico Jair Picerni tenta motivar seus jogadores para o próximo jogo, sábado, contra o Figueirense. Apesar do baixo astral, o treinador ainda acredita num possível milagre. "A matemática está jogando contra, mas as esperanças existem e vamos lutar até o final", disse o treinador.Para a partida decisiva, Picerni tem problemas. O zagueiro Thiago sofreu uma distensão muscular e não joga mais pelo time neste ano. Em seu lugar, o volante Careca será improvisado como terceiro zagueiro, com Simão ganhando oportunidade no meio-campo. O lateral-esquerdo Patrick retorna de suspensão automática. No ataque, Léo ocupará a vaga de Evandro Roncatto, suspenso com três cartões amarelos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.