Tardelli atribui gol de cabeça a insistência de Roth

O segundo gol do Atlético-MG na vitória por 3 a 0 sobre o Náutico, no domingo, foi marcado de cabeça, pelo atacante Diego Tardelli. Após a partida, o jogador revelou que o técnico Celso Roth teve importância fundamental para o desfecho do lance.

AE, Agencia Estado

15 de junho de 2009 | 08h57

"Ele sabe que o meu ponto fraco é o cabeceio e vem trabalhando muito isso. Apesar de ter alguns gols de cabeça na carreira, aqui no Atlético eu ainda não havia feito", disse Tardelli, que recebeu o abraço do técnico durante a comemoração.

"Foi uma aposta que fizemos, que ele viria comemorar comigo se eu fizesse um gol de cabeça. Ele cumpriu palavra dele, me deu um abraço e foi um momento bem legal entre jogador e treinador", afirmou.

Após a partida, Roth admitiu a insistência para que Tardelli aprimorasse o fundamento. "Quando cheguei aqui, o Diego não colocava a cabeça na bola. Então passamos a trabalhar isso", afirmou.

Com a vitória, o Atlético-MG lidera o Campeonato Brasileiro com 14 pontos - são quatro vitórias e dois empates. O Internacional tem campanha semelhante, mas os mineiros levam vantagem no saldo de gols: nove a cinco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.