Tardelli chega atrasado e é punido

O atacante Diego Tardelli não pode mais sonhar com a artilharia do Paulistão. Ele chegou atrasado ao treino desta sexta-feira e, como punição, foi retirado pelo técnico Leão da partida do São Paulo contra o Mogi Mirim, neste domingo, pela última rodada do campeonato.Com 12 gols, Tardelli teria ainda uma pequena chance de alcançar Finazzi, do América, que já tem 15. Agora, não enfrenta o Mogi e fica em São Paulo, com a obrigação de treinar na manhã de domingo.Além de ficar fora do jogo, Tardelli levou uma bronca de Leão por ter tentado dar uma cabeçada no lateral Vivas, do Quilmes, na partida de quarta-feira, pela Libertadores.?Se o juiz visse, ele seria expulso e nós ficaríamos sem atacantes para o segundo tempo (Grafite foi expulso pouco depois). Expliquei para ele que, se a gente perdesse aquele jogo, ficaria em terceiro lugar na chave e com muitos problemas de classificação. Esse tipo de coisa não pode ocorrer, só prejudica o time?, afirmou Leão.

Agencia Estado,

15 de abril de 2005 | 18h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.