Tardelli conquista Paulo Autuori

Diego Tardelli não tem a simpatia da maioria dos torcedores e da diretoria do São Paulo, mas conquistou o técnico Paulo Autuori ao recusar transferir-se para o Omiya Ardija, do Japão, em troca de Christian. "Ele disse que preferia ficar e que não interessa quantos atacantes tiver aqui, ele é que vai jogar o Mundial, em dezembro", contou Autuori. "Fiquei contente, porque mostra disposição de luta. Ele tem um potencial muito grande e quero que pense grande mesmo." Por conta da decisão de Tardelli, o São Paulo pagou US$ 350 mil ao Omiya. Apesar de ser artilheiro do time em 2005 - 17 gols -, Tardelli ficará entre os reservas até o fim do ano. Amoroso e Christian serão titulares, repetindo a vitoriosa experiência da Taça Libertadores de escalar um atacante técnico e um definidor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.