Sina
Sina

Tardelli e Gil marcam, mas Beijing Guoan de Renato Augusto fatura Copa da China

Equipe do meia da seleção brasileira garante título após empate por 2 a 2 com o Shandong Luneng

Estadão Conteúdo

30 de novembro de 2018 | 13h54

O Beijing Guoan conquistou nesta sexta-feira a Copa da China. A equipe liderada pelo brasileiro Renato Augusto visitou o Shandong Luneng em Jinan e empatou por 2 a 2, resultado suficiente para lhe dar o título após as equipes terem ficado no 1 a 1 no confronto de ida, em Pequim.

O favoritismo, aliás, estava do lado do Shandong, terceiro colocado do Campeonato Chinês, que precisava de uma vitória simples para ficar com o título. Mas o Beijing surpreendeu, ficou à frente no placar em duas oportunidades e garantiu o 2 a 2 que lhe deu seu primeiro título desde 2009.

"O gol que fizemos logo no início da partida nos deu mais tranquilidade, porque sabíamos das dificuldades que iríamos encontrar aqui. O Shandong, hoje, é uma das melhores equipes da China, também fez uma grande temporada, e conseguiu um bom resultado no nosso estádio", declarou Renato Augusto.

O Beijing calou a torcida da casa ao abrir o placar aos 15 minutos, com o espanhol Jonathan Viera, mas o zagueiro Gil, ex-Corinthians, empatou aos 30. Zhang Xizhe, aos 35 do segundo tempo, encaminhou a conquista dos visitantes. Diego Tardelli até igualou aos 43 e deu esperança de reação ao Shandong, o que não aconteceu.

"Foi um jogo emocionante até o fim, eles buscaram o empate duas vezes, com o Tardelli marcando aos 44. Os dois gols fora nos garantiram o título, muito importante para o clube. Estou feliz demais por ter ajudado o grupo e por ter sido campeão pela primeira vez aqui na China. Agora, é curtir as férias", disse o ex-meia do Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.