Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Tardelli é oficializado por clube chinês e deixa o Atlético-MG

Shandong Luneng realiza pré-temporada no Brasil e vai fazer amistoso com o Palmeiras na Arena Palestra neste sábado

Estadão Conteúdo

17 de janeiro de 2015 | 10h33

Montillo, Diego Tardelli, Aloísio e Vagner Love. O quarteto ofensivo que daria o que falar no futebol brasileiro vai se apresentar nos estádios chineses em 2015. Neste sábado, o Shandong Luneng anunciou oficialmente a contratação de Diego Tardelli, titular da seleção brasileira, que estava no Atlético Mineiro.

De acordo com o site oficial do Shandong Luneng, o clube chinês pagou 5,5 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões) para contar com Tardelli. Não foi informado, entretanto, se este valor corresponde a 100% dos direitos econômicos do atacante ou se aos 70% que pertenciam ao Atlético.

A negociação já vinha se desenrolando há semanas, depois de o técnico Cuca recomendar à direção do Shandong Luneng a contratação de Tardelli, com quem trabalhou na conquista da Libertadores de 2013.

Na sexta, Tardelli viajou a São Paulo para se encontrar com os dirigentes do clube chinês, que joga logo mais um amistoso contra o Palmeiras e realiza pré-temporada no País. O atacante havia dito, em entrevista coletiva, que a proposta dos chineses era "irrecusável".

O futebol brasileiro já havia perdido, esta semana, outro jogador de seleção para a China. Na terça, Ricardo Goulart (ex-Cruzeiro) foi anunciado pelo Guangzhou Evergrande, atual campeão chinês. Na quinta, a equipe, que já tinha o ex-botafoguense Elkeson, fechou também com o atacante Alan, formado no Fluminense, que era artilheiro da Liga Europa jogando pelo Red Bull Salzburg, da Áustria. Renê Júnior deixou o Santos e também vai reforçar o Evergrande.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.