Tardelli minimiza críticas aos jogadores do Atlético-MG

Depois de reclamar do individualismo dos seus companheiros do Atlético Mineiro, o atacante Diego Tardelli, artilheiro do time na temporada, afirmou nesta quinta-feira que as suas declarações foram feitas quando estava com a "cabeça quente".

AE, Agencia Estado

14 de maio de 2009 | 19h02

Tardelli reclamou da atitude dos jogadores no intervalo do jogo com o Avaí, no sábado, quando o Atlético perdia por 1 a 0. Depois da reclamação, ele conversou com o técnico Celso Roth. "Conversamos depois do jogo. Não vou falar o que ele conversou comigo, mas ele me deu tranquilidade, porque às vezes tem um jogador que quer fazer um lance ou um jogador que está melhor posicionado", contou.

O jogador disse que as críticas aos companheiros não gerou desgaste e que a situação já foi superada. "Quem está ali dentro sabe o quanto é difícil. Às vezes, eu posso fazer o mesmo, tentar uma jogada com um companheiro melhor posicionado e não tocar a bola", declarou. "São coisas do jogo, a gente estava perdendo, estava de cabeça quente, mas já passou, não teve nada demais", minimizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.