Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Tata Martino confirma convocação com 20 que jogaram no Mundial

Primeira lista do novo técnico da seleção argentina foi escolhida como forma de premiar os que foram vice-campeões mundial

Estadão Conteúdo

19 de agosto de 2014 | 19h09

O técnico Gerardo Martino anunciou nesta terça-feira sua primeira convocação à frente da seleção argentina, para o amistoso diante da Alemanha, no dia 3 de setembro, em Dusseldorf. E ele cumpriu a promessa feita em sua apresentação, quando garantiu que chamaria em sua primeira lista os mesmos jogadores que atuaram na última Copa do Mundo, no Brasil, como forma de premiar aqueles que se sagraram vice-campeões mundiais após a derrota na final para os próprios alemães.

Nesta terça, Martino chamou apenas jogadores que atuam no exterior. Todos os 20 nomes anunciados estavam no Mundial, com destaque para o setor ofensivo, com Agüero, Messi, Higuaín e Di María, que desfalcou a seleção na reta final da Copa por conta de uma lesão. Garay, Mascherano, Rojo, entre outros, também foram chamados.

Nos próximos dias, Martino deverá completar a lista com três nomes que atuam no futebol argentino. Se seguir a promessa, eles serão: o goleiro Agustín Órion e o volante Fernando Gago, do Boca Juniors, e o meia Maxi Rodríguez, do Newell''s Old Boys, já que os três também estiveram no Mundial.

A promessa, no entanto mantém um dos principais jogadores do futebol argentino na atualidade fora da seleção. O atacante Carlitos Tevez, destaque da Juventus nas últimas temporadas, não apareceu na lista de Martino. Ele ficou de fora da Copa graças a uma polêmica decisão do ex-técnico da seleção, Alejandro Sabella, que preferia não contar com seu talento e nunca o chamou para representar o país.

Confira os 20 convocados da seleção argentina:

Goleiros: Sergio Romero (Monaco), Mariano Andujar (Napoli).

Defensores: Ezequiel Garay (Zenit), Hugo Campagnaro (Inter de Milão), Pablo Zabaleta (Manchester City), Martín Demichelis (Manchester City), Marcos Rojo (Manchester United), Federico Fernández (Swansea), José Basanta (Fiorentina).

Meio-campistas: Lucas Biglia (Lazio), Angel Di María (Real Madrid), Enzo Pérez (Benfica), Augusto Fernández (Celta de Vigo), Javier Mascherano (Barcelona), Ricky Álvarez (Inter de Milão).

Atacantes: Gonzalo Higuaín (Napoli), Lionel Messi (Barcelona), Rodrigo Palacio (Inter de Milão), Sergio Agüero (Manchester City), Ezequiel Lavezzi (Paris Saint-Germain).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.