Tavarelli prevê dificuldades para o Brasil

O goleiro Tavarelli, da Seleção Paraguaia e que atua no Grêmio, prevê dureza para o Brasil contra a representação do seu país, em Assunção, dia 31, pela quinta rodada do primeiro turno das Eliminatórias. ?De um lado estará o Brasil, que tem os melhores jogadores do mundo. De outro, um time com muita raça e que tem se superado. Acho que vai ser muito duro para o Brasil, mas isso não significa que será menos duro para nós?, disse Tavarelli, que participou de uma sessão de fotos promocionais dos produtos da marca Penalty, nesta segunda-feira, em São Paulo, juntamente com os goleiros Gomes, do Cruzeiro, e Fábio, do Vasco. A geração de Tavarelli persegue um feito inédito. ?O Paraguai nunca conseguiu ir a três Copas seguidas. Estamos lutando muito para que isso aconteça. Nosso time tem jogadores veteranos como Arce, Gamarra, Acuña e Cardozo, além de revelações como Roque Santa Cruz. Tenho esperanças.? Tavarelli sempre foi reserva de Chilavert. Com o afastamento do antigo titular, que brigou com os dirigentes paraguaios, esperava-se que ele ficasse com a camisa número 1, mas ele está perdendo a briga para Justo Villar.

Agencia Estado,

22 de março de 2004 | 21h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.